Preces

Salve, Áine de Knockaine

aquela que brilha e encanta

A fagulha do Sol que ilumina os campos,

que ilumina a mente e queima o corpo

Ela que é fogo e êxtase

prazer e loucura

arte e poesia

Salve a ninfa que corre livre

com ninguém além de si mesma

A metamorfa com o poder da transformação

A anciã com o poder da cura

Ela que é fada e faz rir

um riso incontrolável de gozo

de potência e poder

de amor e luxúria

Ela que dança para além da lei

e brinca para além da moral

Ela que é soberana e detém o poder

da escolha e da liberdade

Áine de Knockaine, me permita ser livre

queime meus medos e me permita ser louco

Me transforme em ganso e me permita voar

Me transforme em cavalo e me permita correr

Me mostre o que é belo

e me guie pela escuridão

Me ensine a malícia da doçura

o poder do sutil

a força da loucura

Pegue em minhas mãos e me leve em valsa

Pelos campos, florestas e mar

Me apresente o mundo para além do véu

para que eu nunca precise voltar

Salve Áine de Knockaine.

Por Mateus Cabot (21/12/2020)

"Honra a Áine de Knockaine,

a Rainha Fada, que tece os raios de Sol. Deusa do encanto e do prazer; da poesia e loucura. Do Outro Mundo.

A Brilhante."

  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram